segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Sobre a importância da mudança

Amigos queridos, uma reflexão sobre a necessidade da mudança,
abraços em todos,
Jorge Leão

A importância da mudança

Reconhecer que o processo de mudança é necessário e nos diz respeito, talvez seja um dos itens mais problemáticos para nós, seres humanos.Primeiro, não é fácil mudar hábitos e posturas arraigados ao longo de décadas de maus hábitos e pensamentos doentios.

O mesmo ocorre com a necessidade de reconhecer que nós mesmos cavamos grande parte de nossa ruína, sobretudo quando nos referimos à qualidade de vida.Devemos, por isso, assumir a consciência de que a mudança nos diz respeito, não podemos adiá-la. Assim, é responsabilidade do indivíduo assumir suas fraudes existenciais e ir em busca da renovação.

O presente nos diz que o tempo é condicionado pela consciência. Esquecer o passado deverá ser a primeira iniciativa consistente para desarmar a falta de disposição para assumir verdadeiramente a necessidade da mudança. Não importa os erros que cometemos, eles já foram cometidos. O que importa é viver novas experiências, e renovadas, claro.

Em relação à alimentação, por exemplo, que é um item básico para a saúde do corpo e da mente, a família deveria iniciar o propósito de bons hábitos alimentares desde a infância, quando a criança ainda não está contaminada pelas guloseimas das lanchonetes. Do mesmo modo a escola, que também deveria promover campanhas de conscientizaçã o e qualidade nutricional. O esforço para tudo de grandioso que existe na vida é conjunto. A equipe multidisciplinar é a chave para combater os ataques que o sistema da má alimentação promove cotidianamente. É necessário uma corrente integrada para a salvação de nossa vitalidade.Quando iniciar? A resposta única possível é: agora mesmo! O que está em jogo é a nossa permanência de maneira digna e saudável no mundo.

Outra grande aliada é a prática da meditação, integrada a uma correta respiração, e, claro, a alimentação à base de frutas, legumes e hortaliças, são fatores essenciais para limpar a mente, e assim renovar a satisfação pela vida, que é uma graça divina.Esta unidade e equilíbrio devem ser buscados a todo o momento, enquanto houver vida. No instante em que cada um tomar a sua decisão pela mudança, inevitavelmente um outro modelo de mundo será implantado. Então, o que estamos esperando para iniciar a mudança? É a nossa única salvação. Aceitemos isso, creiamos nisso!

Abraços quixotescos!

Jorge Leão

Em: 15 / 12 / 2008

Um comentário:

Dionisios disse...

abre-te sésamo.

lá vou eu de novo sempre a ler
sempre
no ritmo de saber esperar
entender
e agradecer.

evoé